Conheça os palíndromos #AprendiHoje

6a01053589653e970c0168eab1b34c970c

Palíndromo é uma das coisas mais legais da língua escrita. Para você entender por si mesmo, olhe a imagem acima. Leia da esquerda para a direita. Depois, leia da direita para a esquerda. De cima para baixo e de baixo para cima. Que tal?

O conceito de palíndromo é: Palavras ou frases que são iguais até mesmo sendo lidas ao contrário (da direita para a esquerda), alguns exemplos muito comuns são as palavras “Ana”, “Saias”, “Arara”, etc.

Obs: Não confundir Palíndromos com Anagramas. Anagrama é a formação de palavras já existentes através da leitura da direita para a esquerda. Nem todos os Anagramas formam Palíndromos. Na figura acima, temos palíndromos e anagramas, na abaixo, apenas anagramas.

large (3)

(Malvado/Infeliz é apenas Vida escrito ao contrário) – Exemplo de Anagrama

 

Para a formação de um palíndromo, não são levados em consideração acentos nem pontos. São as letras que importam, não as regras de pontuação.

Existem três tipos de Palíndromos. Eles foram classificados por Rômulo Marinho, muito famoso no mundo palindromista:

  • Expliciti – trazem sempre uma mensagem direta, clara e inteligível, como “Socorram-me, subi no ônibus em Marrocos” (palíndromo de autoria anônima, provavelmente o mais conhecido em língua portuguesa).
  • Interpretabiles – têm coerência, mas requerem esforço intelectual do leitor para serem entendidos, como “A Rita, sobre vovô, verbos atira.”
  • Insensati – cuidam apenas de juntar letras ou palavras sem se preocupar com o sentido, como “Olé! Maracujá, caju, caramelo.”

Na primeira imagem, temos a frase Sator Arepo Tenet Opera Rotas. Esta é uma frase em latim, que significa: O semeador, com o seu carro, mantém com destreza as rodas. Há várias outras traduções para a mesma frase, que é um enigma antigo e significa muitas coisas, para muitos povos (posso falar sobre isso em uma outra postagem).

Mas o mais legal de tudo isso é a constituição de frases. É através delas que podemos nos divertir e entender mais como esse sistema funciona, veja alguns exemplos:

  • “A base desatola calotas e desaba”
  • “A maca dos sonos só dá cama” (Mateus S. Thimóteo
  • “Ame o poema”
  • “Acinte animal: aos sopapos, soa lâmina étnica.” (Beto Furquim)
  • “Subi no onibus”
  • “A droga do dote é todo da gorda.” (Rômulo Marinho)
  • “Seco de raiva, coloco no colo caviar e doces.” (Rômulo Marinho)
  • “Me vê se a panela da moça é de aço Madalena Paes, e vem”
  • “Luza Rocelina, a namorada do Manuel, leu na moda da romana: Anil é cor azul”.
  • “Socorram-me, subi no ônibus em Marrocos”

Além da língua portuguesa e latim, existem palíndromos em várias outras línguas, veja só:

large

(Booby Trap ao contrário é Party Boob [Festa do peito]) – Exemplo de Palíndromo e Anagrama

Inglês: (Clique aqui para ir ao google tradutor)

  1. “A dog, a plan, a canal: pagoda.”
  2. “Doc, note I dissent: a fast never prevents a fatness. I diet on cod.”
  3. “Draw pupil’s lip upward.”
  4. “Ten animals I slam in a net.”
  5. “Doctor Reubenstein was shocked and dismayed when he answered the ringing telephone, only to hear a strange, metallic, alien voice say, “Yasec iovn eilacilla temeg! Nartsa raehoty lnoenoh pelet gnig, nirehtde rewsnaehn ehw. Deya! Msid! Dnadek cohssaw nietsne buerro, tcod?” (Minha preferida)
large (2)

(Estressado é apenas Sobremesa escrito ao contrário) – Exemplo de Anagrama

Espanhol: 

  1. “Adivina ya te opina, ya ni miles origina, ya ni cetro me domina, ya ni monarcas, a repaso ni mulato carreta, acaso nicotina, ya ni cita vecino, anima cocina, pedazo gallina, cedazo terso nos retoza de canilla goza, de pánico camina, ónice vaticina, ya ni tocino saca, a terracota luminosa pera, sacra nómina y ánimo de mortecina, ya ni giros elimina, ya ni poeta, ya ni vida. (de Ricardo Ochoa)”
  2. “Allí si María avisa y así va a ir a mi silla.”
  3. “No di mi decoro, cedí mi don. (de Juan Filloy)”
  4. La ruta nos aportó otro paso natural.”
  5. “A la catalana banal, atácala.”

Italiano:

  1. I topi non avevano nipoti (Os ratinhos não tinham netos)
  2. Anna ama Ale ma Pamela ama Anna (Anna ama Ale, mas Pamela ama Anna)
  3. All’Unicef non feci nulla (UNICEF não fez nada)

 

Eu espero que vocês tenham gostado! Qualquer dúvida, deixe nos comentários que eu irei responder o mais rápido possível.

Um beijo, até mais!

Créditos: Mundo Estranho, Wikipedia,

O Estranho Mundo de Tim Burton

Recentemente, comecei a me interessar bastante pela parte de trás da cinematografia. Eu sempre fui apaixonada por filmes como “A Fantástica Fábrica de Chocolate” e “Alice no País das Maravilhas”, mas percebi que eu não investia parte do meu tempo pensando em quem estaria produzindo tudo isso.

A minha “história” com o Tim Burton começou quando eu fui aceita para ser CDC em uma página de Harry Potter lá no Facebook. Não durou muito tempo, mas enquanto eu pesquisava imagens sobre Harry Potter eu achei uma em que era “Harry Potter Burtonizado”. Como já havia ouvido falar sobre Tim Burton antes, embora não tenha necessariamente me interessado, decidi pesquisar mais sobre ele. Foi aí que eu descobri coisas incríveis, curiosas e estranhas sobre ele e desde então senti que deveria compartilhar com vocês.

Eu decidi fazer um vídeo pois admito que se fosse para vocês lerem, eu recomendaria a biografia dele, ou a página do wikipedia que fala bastante. Eu fiz um apanhado com as coisas mais legais sobre ele e juntei tudinho, para ficar bem compacto. Eu espero que gostem <3. (Embaixo do vídeo tem mais algumas informações)

Informações adicionais:

♥ Burton tem várias características próprias em suas animações. Uma delas é a modelagem dos personagens: Sempre com o corpo magro e alto e a cabeça grande e triangular, como você pode ver em “A Noiva Cadáver” e “O estranho mundo de Jack”. Outra característica muito marcante são os gatos pretos. Em três de suas animações há sempre um gato preto no início do filme. Por último, temos o cão de Frankenweenie. Ele é visto em “A Noiva Cadáver” e “O Estranho mundo de Jack”, também.

♥ Tim e Helena estão juntos desde 2001 e tem dois filhos juntos (fora que são o casal mais badass de todos).

♥ Burton cursou durante 3 anos a faculdade de animação, e de lá foi trabalhar na Disney como animador. Produziu alguns curta-metragens que nunca foram utilizados por serem, como eu disse no vídeo, assustadores demais. A Disney demite ele, já que ele não estava sendo bem aproveitado na empresa. O último curta que ele fez foi Frankenweenie, que virou em 2012 um filme.

♥ Tim nunca gostou de musicais, porém fez alguns, como O Estranho Mundo de Jack e Sweeney Todd, o barbeiro demoníaco da Rua Fleet.

♥ Uma das influências de Tim Burton foi Vincent Price, com quem teve o prazer de fazer um filme e um livro após algum tempo.

♥ O filme que fez a carreira de Tim decolar foi Os Fantasmas se Divertem, e o filme que mais arrecadou foi a adaptação de Alice no País das Maravilhas.

O Estranho Mundo de Tim Burton é um site muito interessante onde você pode conhecer mais sobre os livros, a biografia e as obras deste grande cineasta.

 

Isso é tudo, pessoal! Até logo ❤

Ps: Meu novo item para a wish list é o livro da primeira foto. Apenas apaixonada ❤

Conheça o Lorem Ipsum #Aprendihoje

O que é Lorem Ipsum?

Lorem Ipsum é uma simulação textual da indústria tipográfica e de impressos (jornais, revistas, etc). É usado desde o século XVI (16), quando um impressor pegou uma bandeja (foto abaixo) e misturou as letras e palavras, para fazer um “modelo”. O mais incrível desse fato é que esse modelo sobreviveu por 5 séculos e também à digitalização moderna, tendo ainda assim, ficado quase inalterado. Essa simulação foi popularizada na década de 60, quando a Letraset lançou decalques contendo passagens de Lorem Ipsum, e mais recentemente quando passou a ser integrado a softwares de editoração eletrônica como Aldus PageMaker.

Imagem

De onde ele vem?

Incrivelmente, Lorem Ipsum não é um texto randômico. Essa simulação que perdura há 2000 anos pode ser encontrada em uma obra de literatura latina datada de 45 A.C.  Lorem Ipsum vem das seções 1.10.32 e 1.10.33 do “de Finibus Bonorum et Malorum” (Os Extremos do Bem e do Mal), de Cícero. Este livro é um tratado de teoria da ética muito popular na época da Renascença. A primeira linha de Lorem Ipsum, “Lorem Ipsum dolor sit amet…” vem de uma linha na seção 1.10.32.

Por que é usado?

Um fato interessante e conhecido por todos é que um leitor se distrai ao encontrar um texto “legível” em uma página. Isso pode ser visto muitas vezes em textos de colégio. Um texto sem figuras, apenas corrido, muitas vezes não é lido e passado de cima a baixo sem ser absorvido. A vantagem de usar o Lorem Ipsum é exatamente essa: ele tem uma distribuição normal de letras, ao invés de frases repetidas como “Texto aqui, Conteúdo aqui, Blablabla, asdasdfsadas”, o que faz com que tenha a aparência de um texto legível. Muitas vezes, ao começarmos um tumblr, nos deparamos com um Lorem Ipsum no tema. Várias versões novas surgiram ao longo dos anos, eventualmente por acidente, e às vezes de propósito (injetando humor, e coisas do gênero, que você verá mais abaixo).


O Lorem Ipsum original:

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut in ante suscipit, tincidunt nulla quis, consequat nibh. Cras nec placerat neque. Integer sem est, laoreet aliquet libero nec, porta luctus risus. Sed sodales iaculis nisi at bibendum. Praesent bibendum ac ante in interdum. Sed urna diam, venenatis at dui ac, aliquet sodales ipsum. Suspendisse tristique adipiscing iaculis. Aenean at mauris imperdiet, lobortis felis id, sodales velit. Nam justo sem, fermentum at est eu, malesuada egestas orci. Vivamus venenatis dignissim lorem nec hendrerit. Cras euismod laoreet velit eu pellentesque. Vestibulum ante ipsum primis in faucibus orci luctus et ultrices posuere cubilia Curae; Quisque nec risus eu risus imperdiet luctus at viverra lacus.”

 

Variações (com links):

Cupcake Ipsum (Este modelo é usado para Cupcakes [como o nome já diz], e ele tem toda a simulação do Lorem, porém com a adição de palavras como cake, chocolate, brownie, etc.)

Cupcake ipsum dolor sit. Amet unerdwear.com carrot cake carrot cake topping unerdwear.com carrot cake. Icing wafer cookie bonbon caramels chocolate apple pie. Liquorice gingerbread macaroon lemon drops.”

Cinquenta tons de Ipsum (Este gerador faz com que um texto de Ipsum tenha algumas frases eróticas de 50 tons de cinza)

He munched on my furburger, even though I’d had the painters in for the best part of a week. Hours of hammering like this would leave any girl’s clap flaps looking like an over inflated dinghy, and I was no different! The feeling of his penis pudding draining down my throat got my shrimp sap flowing quicker than snot off a whip.”

Zombie Ipsum (Esse gerador tem como diferencial a temática de zumbis)

Zombies reversus ab inferno, nam malum cerebro. De carne animata corpora quaeritis. Summus sit​​, morbo vel maleficia? De Apocalypsi undead dictum mauris. Hi mortuis soulless creaturas, imo monstra adventus vultus comedat cerebella viventium. Qui offenderit rapto, terribilem incessu. The voodoo sacerdos suscitat mortuos comedere carnem. Search for solum oculi eorum defunctis cerebro. Nescio an Undead zombies. Sicut malus movie horror.”

Hipster Ipsum (Com a temática Hipster: muito óculos de armação grossa, camisa xadrez, filtro no instagram, DIY)

Chillwave skateboard flexitarian, scenester consectetur ethical Intelligentsia 3 wolf moon iPhone Pitchfork farm-to-table yr. Ugh letterpress yr, direct trade twee cray beard. Slow-carb +1 incididunt cliche. Occaecat aute veniam fingerstache typewriter, church-key Cosby sweater qui.”

Skate Ipsum (Textos em latim com manobras de skate, skatistas famosos, etc)

Skate ipsum dolor sit amet, tuna-flip street flail helipop. Rock and roll skate or die deck nose slide. Grab Chico Brenes tuna-flip salad grind full pipe. Hospital flip Eric Koston boneless death box 180. Shinner rail melancholy ollie. Boned out bail late nose grab. Poseur acid drop slap maxwell bluntslide.

Eu duvido que você tenha lido sequer uma linha de cada texto em citação, Se você leu, parabéns!

Dica: Se você realmente quer ver o “humor” em cada uma dessas variações, coloque no google tradutor cada um desses textos para perceber o quão no-sense isso tudo é 😛

E aí, quem ficou afim de criar um lorem ipsum baseado em personagens e frases de livros? Eu fiquei!

Créditos: Geradores de Lorem Ipsum e Lorem Ipsum

Projeto FVL #3 – Bebidas geladas

Oh meu Deus, que calooooooooooooooooooooooooooor! Quem está sofrendo como eu nestes dias quentes deve ficar ansiando quase o tempo todo por uma bebida gelada, saudável e gostosa. Portanto, eu trouxe duas receitinhas bem básicas e que você pode fazer em casa sem problema nenhum. Bora conferir?
1. MilkShake
Eu particularmente acho um abuso o preço do Milkshake pela facilidade com que pode ser feito em casa. Olha só:
Ingredientes (Milkshake):                                                             
 
1 copo de leite gelado
2 bolas de sorvete (preferência ao chocolate)
3 colheres (de sopa) de chocolate em pó
Calda de chocolate (receita a seguir)
Modo de preparo:
Bata todos os ingredientes no liquidificador até ficar cremoso, depois, adicione a calda pelo copo e despeje  conteúdo dentro do mesmo.
 
Ingredientes (Calda de chocolate):                                                
 
6 colheres de achocolatado em pó
4 colheres de açúcar
1/2 xícara de água
Modo de preparo:

Mexa todos os ingredientes em uma panela (fogo baixo) até ferver. Depois mexa mais um pouquinho até engrossar um pouco. Coloque em um recipiente e espere esfriar.


2. Coquetel de frutas
Eu sempre achei tão chique coquetel de frutas, uma pena que tem álcool! Dei uma fuçadinha no google e achei uma receitinha não-alcoólica super simples de fazer e que custam menos de 10 reais. Vamos preparar?
Ingredientes:
1 lata de leite condensado
2 caixas de creme de leite
3 pacotes de suco já adoçado (preferência tang) morango, limão e laranja
Guaraná (preferência Antárctica) em quantidade a seu gosto
 
Modo de preparo:
 
Bata no liquidificador todos os ingredientes, menos o guarana.
Adicione um pouco do guaraná e bata mais um pouco.
Derrame em uma bacia grande e acrescente guaraná a seu gosto até obter o ponto desejado (mais ou menos cremoso)Cuidado, pois ao ser gelado o coquetel ganha cremosidade, então não deixe o creme tão grosso
Leve para gelar e sirva com pedras de gelo.
Não esqueça do guarda-sol!
 
Créditos: Tudo Gostoso e GShow

 

Projeto Frapê, Verão e Livros #1 – Curiosidades

Olá povo! Como vocês estão?
Hoje eu vou falar sobre um projeto bem legal que eu idealizei. Como o blog tem o nome Cappuccino, Inverno e Livros, ele ficaria meio deslocado já que hoje, dia 21, começa o verão. Pensei, pensei e pensei e finalmente achei uma ideia que fosse realmente interessante para não fazer o blog suar com esse calor. Como mudar o nome do blog estava fora de cogitação, decidi criar um projeto em meio às postagens normais do blog. Nomeei este projeto de Frapê (Um milk shake com café), Verão (Nossa estação) e Livros (O assunto do blog não muda). A ideia é que toda semana eu venha aqui no blog e poste sobre algum assunto relacionado com o verão, como dando dicas de livros para ler nas férias, ideias de presentes para pedir no Natal, receitinhas fáceis de ensinar e refrescantes para os dias mais quentes, táticas de sobrevivência no calor, como cuidar dos seus livros na praia, entre muitas, muitas outras coisas. Pretendo fazer esse projeto todo ano, então teremos muitos assuntos a tratar durante as férias!

 

Para iniciar o projeto, decidi falar de um assunto bem simples: Curiosidades sobre o Verão. 

 


Curiosidades sobre o Verão!
Créditos: “Mais que Curiosidade” e “Guia dos Curiosos”

 

1. Foi uma ideia do norte-americano Benjamin Franklin, em 1784, para economizar velas. No entanto, só foi levada a sério mais de um século depois, durante a I Guerra Mundial. A Alemanha, em 1916, foi o primeiro país a adotar a medida.
2. No Brasil, entrou em vigor pela primeira vez entre 3 de outubro de 1931 e 31 de março de 1932, por iniciativa do então presidente Getúlio Vargas. Chamava-se “Horário de Economia de Luz no Verão”, e englobava todo o território nacional. 
3. Nos 18 anos seguintes, o Horário de Verão foi desconsiderado. Em 1985, voltou a ser aplicado, devido a uma queda nos reservatórios de água das usinas hidrelétricas. Desde então, vigora todos os anos.
4. Alguns povos antigos dividiam o ano em cinco estações: outono, inverno, primavera, o verão propriamente dito – de tempo quente e chuvoso – e o estio – de tempo quente e seco – palavra que originou o termo “estiagem”.
5. Quando o horário entra em vigor, os relógios são adiantados em 1 hora. Ao seu término, eles devem ser atrasados em 1 hora.
6. O Horário de Verão inicia-se tradicionalmente na segunda quinzena de outubro. No entanto, em 2006, o 2º turno das eleições presidenciais fez com que o Horário de Verão “atrasasse” 3 semanas, começando no dia 5 de novembro. O motivo? O medo de que provocasse problemas no funcionamento das urnas eletrônicas. 
7. O Horário de Verão começa aos domingos (dia não útil), para que a população consiga ajustar seu relógio biológico. 
8. O Horário de Verão não é adotado pelas regiões Norte e Nordeste. Isso acontece porque elas ficam mais próximas da Linha do Equador, onde os dias e as noites têm a mesma duração ao longo do ano. Assim, adiantar os relógios em 1 hora traria uma economia pouco significativa. A programação da televisão brasileira, no entanto, é adiantada em 1 hora nesses estados, já que segue o horário de Brasília.
9. O Horário de Verão é responsável por uma economia de 1% a 5% da energia elétrica consumida no país. Isso pode parecer pouco, mas não é: corresponde a uma economia de 50 milhões de reais nos gastos públicos com energia. 
10. Cerca de 30 países são adeptos do Horário de Verão. Grande parte deles está no hemisfério Norte, onde, no verão, o sol costuma se pôr mais tarde. Nesses países, adiantar os relógios em 1 hora faz uma grande diferença na economia de energia, já que permite luz solar até perto das 22h. 
11. Se você ouvir o termo DST nos Estados Unidos, não confunda com a sigla para Doença Sexualmente Transmissível. É assim que eles chamam o Horário de Verão (“daylight saving time”).
12. A temperatura mais alta registrada no Brasil durante o verão foi 43º C na cidade do Rio de Janeiro no ano de 1984. A maior temperatura ambiente, no entanto, foi registrada na localidade de Azízia, na Líbia: 58º C
13. A estação mais violenta do ano no Brasil é o verão. Pesquisas demonstram que agressões, assassinatos e acidentes de trânsito ocorrem com maior frequência durante os meses mais quentes, principalmente dezembro.