Resenha: O primeiro dia do resto da nossa vida – Kate Eberlen

 

Nome original: Miss you
Ano: 2016
Escritora: Kate Eberlen
Editora: Arqueiro
Páginas: 432
Saga a que pertence: Volume único

Depois que a última página do livro de Kate Eberlen é virada, a existência do destino parece tão certa que é até reconfortante saber que o que é pra ser, será.

Tess e Gus são dois jovens cheios de sonhos e incertezas que passam as férias na Itália e trocam cerca de cinco palavras casuais entre si, sem saber que eram feitos um para o outro e que talvez nunca mais iriam se encontrar novamente. Tess fez um mochilão antes da faculdade, e Gus viajou com os pais para que encontrassem novas inspirações para viver após um acidente trágico na família. Eles acreditavam que as coisas iriam ficar melhores depois da visita àquele país mais do que apaixonante o qual prometeram que voltariam a visitar algum dia. Tess iria seguir seu sonho de se formar em Literatura Inglesa e Gus iria fazer medicina, deixando os pais orgulhosos por terem ao menos um filho seguindo a carreira que sempre desejaram que fizesse. Mas assim que cada um volta à Inglaterra, as coisas começam a dar errado.

Durante os próximos dezesseis anos, Tess e Gus passam por momentos bons, ruins e péssimos na difícil jornada de amadurecimento e de compreensão da dor, do luto e do medo. Tudo isso sem nunca se verem novamente, mas sempre estando mais perto um do outro do que podiam imaginar.

A leitura de “O Primeiro dia do resto da nossa vida” é fluída e divertida. Com cada capítulo voltado a um dos personagens, nós vemos ao longo dos anos as reviravoltas e dramas que acontecem na vida de cada um, aproximando e afastando-os de um possível encontro a todo momento. Além disso, cada acontecimento na vida dos dois serve para alimentar suas personalidades e torná-los personagens mais complexos, maduros e vividos. Mesmo vivendo de forma tão diferente, a lição essencial retirada de cada momento difícil causa o mesmo tipo de conexão entre os dois, e é possível notar a química e o engate que um teria sobre o outro, como duas peças de um quebra-cabeça. E a cada capítulo, é possível notar como isso se torna maior, e maior, até você ter absoluta certeza de que eles foram feitos um para o outro. Por isso que conforme o livro vai avançando, mais ávida fica a leitura e a vontade de que os dois se encontrem e fiquem juntos.

Uma das melhores coisas do livro, e isso se deve à autora Kate Eberlen, é a verossimilhança das relações sociais e da complexidade dos personagens com a realidade. Não há personagens utópicos na história. Tess e Gus alternam entre os papéis de mocinho e vilão em cada passo que dão em suas vidas, e as pessoas que convivem com eles mostram os mesmos traços de humanidade. Uma das maiores lições que tirei desse livro foi que você nunca terá todo o reconhecimento que merece, e que a linha entre o que é justo e o que é pedante é tênue e se altera facilmente quando se trata desse assunto.

Outro aspecto que o livro aborda, porém de forma um pouco mais recuada, é o destino. Eu, que particularmente prefiro acreditar que o futuro está se alterando a todo momento, lutei um pouco contra essa ideologia no início. Mas é impossível fechar o livro após a última página ser lida e não acreditar, mesmo que por um instante, que há uma razão para tudo o que acontece na nossa vida e que o nosso grand finale, querendo ou não, já está escrito com tinta permanente.

Recomendo muito a leitura para quem gostou de ler alguma obra da Jojo Moyes ou o livro Um Dia, do David Nicholls. Torço pelo dia em que Eberlen, Moyes e Nicholls se juntarão para criar uma obra-prima desse tipo de literatura a qual já sou fã de carteirinha.

Anúncios

Um comentário sobre “Resenha: O primeiro dia do resto da nossa vida – Kate Eberlen

  1. Pingback: Leituras de Janeiro 2017 | Cappuccino, Inverno e Livros

Comente o que achou da postagem. Dê dicas, sugestões e ideias também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s