Resenha: Cidade dos Ossos – Cassandra Clare

Nome original: City Of Bones
Ano: 2011
Escritora: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 459
Saga a que pertence: Os Instrumentos Mortais

DSCN1941

Oi galera, tudo bom?

Venho adiando esta resenha há muito tempo, mas agora eu decidi escrevê-la e lá vamos nós!
Depois de Crepúsculo, os Vampiros, Lobisomens e todas as criaturas do submundo nunca mais foram as mesmas, até que Cassandra Clare chegou para fazer a sua versão e tornar as raças sobrenaturais novamente mais ”clássicas”.
DSCN1943

 

Clary Fray é uma garota normal. Pelo menos é assim que ela se sente. Possui um melhor amigo e com ele vai para todos os lugares, tem uma mãe comum, tem uma vida totalmente nos padrões, até a chegada de Jace. Jace e Clary se encontram de forma, no mínimo, incomum. Ela estava na balada com seu amigo Simon quando avista vultos encapuzados entrando em uma área restrita logo após um casal, mas o que mais chama atenção de Clary é o fato de não serem notados pelo resto da multidão e de estarem portando armas. Desesperada, ela corre até a sala a tempo de ver um dos garotos esfaqueando o par da garota que entrou na sala restrita. Clary grita e assusta a todos, pois aparentemente não podiam ser vistos por mundanos. Quando Clary olha novamente para baixo, toma um susto ao ver que não havia mais nada: nem sangue, nem corpo. Jace, um dos “assassinos” explica que o que ela havia visto era um demônio, e que era seu dever matá-los, pois ele era um Caçador de Sombras. Clary sai de lá apavorada e vai para casa. No dia seguinte, porém, um grande acontecimento acontece: Clary recebe uma ligação de sua mãe, que gritava desesperada para Clary não voltar para casa, que não era seguro. O que Clary poderia ser para conseguir ver os Caçadores de Sombras? Onde estará a mãe de Clary? Quem fez isso a ela?

 

DSCN1950

 

Este livro é realmente uma mudança grande nos padrões sobre o sobrenatural. Cassandra Clare criou um tipo sobrenatural completamente novo, apesar de usar a famosa combinação de hoje em dia de anjos e humanos (como em Fallen e Hush Hush). Porém, o que mais me admira é que ela não imaginou nenhum poder sobrenatural para tais meio-humanos, exceto a adição de poderes através da escarificação causada pela estela (instrumento para fazer marcas de caçadores de sombras), o que foi totalmente ousado e bom, pois toda a história ocorre em Nova York, no meio do mundo humano. Existem várias regras da Clave (que é como se fosse o Ministério da Magia do Harry Potter) e uma trama muito bem formada. Eu amei tudo, pois a Cass (só para os íntimos 😛 ) soube retratar com muito foco e sentimento os personagens, criando elos e não deixando lacunas pelos relacionamentos. A Clary me pareceu um pouco infantil em alguns momentos, porém me admirei em várias cenas pela sua coragem e lealdade.

DSCN1953

A diagramação é ótima, as letras são grandes e as páginas são amareladas, o que beneficiou minha visão. Eu estou sempre apaixonada pelos brilhos e por tudo o que a Galera Record fez com esse livro, a única coisa que me deixou um pouquinho chateada foi os números e alguns fatores da lombada terem ficado fora do enquadramento. Fora isso, nota 10!

 

DSCN1938DSCN1952DSCN1956
Anúncios

Um comentário sobre “Resenha: Cidade dos Ossos – Cassandra Clare

  1. Pingback: Leituras de Janeiro 2017 | Cappuccino, Inverno e Livros

Comente o que achou da postagem. Dê dicas, sugestões e ideias também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s